Estudos demonstram que profissionais de saúde estão sujeitos a adoecer por conta da depressão fruto da sobrecarga de trabalho e de responsabilidade. Pensando nisso, o Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino de Amorim (HEJA), promoveu no dia 12 de abril uma palestra motivacional com a equipe de enfermagem. O tema escolhido foi “A arte de cuidar de si” e foi abordado pelo psicólogo Marco Aurélio Mesquita.

Segundo a coordenadora da enfermagem do HEJA, Eliete Martins, cuidar do outro não é uma tarefa fácil e simples. “Observei que nossas equipes apresentavam cansaço, semblante caídos e o especialista Marco Aurélio abordou exatamente o que a equipe estava precisando. Foi notória a melhor na hora que ele finalizou a dinâmica”, comemorou.

Eliete explicou que a intenção é evitar possíveis vítimas de suicídios entre os profissionais da saúde. “É muito pesado estar envolvido com as doenças do próximo. O objetivo é fortalecer o amor e a dedicação à profissão de uma forma mais leve, para que seja transmitido para o próximo”, afirmou Eliete.

Cuidado pessoal

O psicólogo Marco Aurélio reforçou que este tema é importante para suscitar as reflexões sobre a conduta do processo de cuidar do outro. “Precisamos primeiramente cuidar de nós mesmo. Procurei trazer para a equipe de colaboradores do HEJA uma vivência que pudesse provocar um entendimento sobre o cuidar”, reforçou.

O clínico geral Dr. Breno Leite Santos reforça a importância de os profissionais de saúde buscarem um equilíbrio para garantirem o cuidado ao próximo. “Estabelecendo um equilíbrio aprendemos a reagir melhor diante de uma ação ou um ambiente de trabalho estressante. Assim, previnimos um transtorno depressivo que pode ser fruto de excesso de cobranças e responsabilidade que temos no dia a dia no exercício da profissão”, pontuou.

Ajustar fonte