A pandemia de Coronavírus no mundo tem alertado a população para uma série de medidas e hábitos a serem tomados para evitar a contaminação pelo vírus. Uma das mais importantes formas de se prevenir é a chamada etiqueta respiratória que pode nos ajudar também a evitar outras doenças como a H1N1. Mas, afinal, o que é isso? 

Chamamos de “etiqueta respiratória” qualquer manobra que evite a disseminação de pequenas gotículas oriundas do aparelho respiratório e digestivo. Simples hábitos como colocar o braço na frente da boca quando tossir ou espirrar, lavar as mãos regularmente e evitar tocar os olhos, nariz e boca, por exemplo.

Essas atitudes surtem um poderoso efeito, pois quando há o bloqueio da disseminação dessas gotículas provenientes de espirros e tosses, evita-se uma possível contaminação de outras pessoas que estão em um mesmo ambiente. 

Na última epidemia de gripe suína e conjuntivite na cidade de São Paulo, por exemplo, estudos realizados na época mostraram diminuição em torno de 30% na população, após aplicação desses bons hábitos. As informações são da Fundação Oswaldo Cruz, referência em infectologia no Brasil.

Dicas preciosas para manter a etiqueta em dia

Desta forma, deve-se evitar ambientes pouco ventilados e com muitas pessoas e o compartilhamento de itens de higiene e utensílios domésticos, como copos, talheres e toalhas. Locais como hospitais, prontos-socorros, postos de saúde, transportes públicos e elevadores são os mais suscetíveis às contaminações. 

De toda forma, o simples hábito de lavar as mãos com frequência pode ser decisivo no combate às doenças respiratórias, como gripes, resfriados e, sobretudo, a COVID-19. 

Então, fiquem atentos. A etiqueta respiratória demonstra, além de boa educação, um costume ético e pode fazer toda a diferença.

✔ Evitar contato físico com motoristas de táxis, aplicativos, pessoas nas ruas ou em ambientes sem controle de higiene;

✔ Evitar aperto de mãos, beijos no rosto e abraços; 

✔ Andar com os vidros do carro abertos para arejá-lo sempre que possível; 

✔ Evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados;

✔ Colocar o braço na frente da boca quando tossir ou espirrar;

✔ Lavar as mãos regularmente;

✔ Evitar tocar os olhos, nariz e boca em ambientes públicos.

Mais importante que qualquer regra, o bom senso deve prevalecer, sempre. A etiqueta respiratória é uma forma de se proteger e também os outros a sua volta.

Ajustar fonte