Campanha de Prevenção ao Suicídio alerta para os sinais e comportamentos suicidas

Acontece durante todo o mês de setembro a campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio e pela valorização da vida, realizada pelo Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino de Amorim (HEJA). A programação conta com distribuição de panfletos informativos e rodas de conversa entre os colaboradores.

Segundo o diretor administrativo-financeiro do HEJA, Thiago Costa, precisamos perder o medo de falar sobre o tema. “O caminho para vencermos essa batalha é o diálogo. Precisamos estar atentos aos sinais e comportamentos diferentes e oferecer um apoio emocional no momento oportuno. Acredito que estamos no caminho certo, levando informação à população jaraguense”, afirmou.

O Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntariamente e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob sigilo total. Os canais disponíveis são: telefone, e-mail e chat 24 horas. Ligue 188 sempre que sentir necessidade de conversar.

Camila Santos, diretora de humanização, comenta que precisamos estar atentos aos sinais e a frases do cotidiano. “Nossa rotina nos impede de reservar um tempo para ouvir o outro. Muitas vezes, a pessoa ao nosso lado está emitindo sinais de alerta, como perda de interesse nas coisas, sentimentos de desesperanças, isolamento, e nós não percebemos. Precisamos parar e analisar quem está ao nosso lado”, finaliza.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) o suicídio é a segunda causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos, matando mais que a AIDS e a maioria dos tipos de câncer. O HEJA apoia o setembro amarelo e a valorização da vida.

AVISO

Tendo em vista o encerramento do contrato, o Hospital Estadual de Jaraguá não é mais gerido pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar - IBGH.

As informações constantes neste site referem-se ao período em que a gestão da unidade de saúde estava sob responsabilidade do instituto e estão sendo mantidas em cumprimento às leis de transparência vigentes.

Clique aqui para acessar o site de responsabilidade da atual gestão.