A farmácia do Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino de Amorim (HEJA) recebeu investimentos para garantir um melhor atendimento à demanda da Unidade. As mais recentes mudanças e inovações no setor da farmácia englobam o ambiente climatizado, a identificação e separação por armários específicos para todos medicamentos. Há ainda uma separação mais detalhada para os medicamentos de psicotrópicos, antimicrobianos e correlatos. Uma bancada foi construída para a preparação dos kits individuais dos pacientes, o que dá mais segurança e agilidade para preparação desses kits.

As melhorias começaram há cerca de oito meses. Hoje, a farmácia funciona 24 horas com a presença de farmacêuticos e conta com todos os medicamentos necessários. O sistema de armazenamento e identificação evita problemas com possíveis trocas de medicamentos. Para a diretora do departamento, a farmacêutica Josy Siqueira, a evolução é visível não apenas na farmácia, mas em todo o Hospital. “Quem ganha com isso é toda a população de Jaraguá e região atendida na unidade”, diz.

 

Setor fundamental

A farmácia é um departamento fundamental no HEJA. Atualmente, a estrutura possui 26 metros quadrados e atende cerca de 5 mil pessoas por mês, em uma média de 165 pessoas por dia. A farmácia é a única central que faz a distribuição de medicamentos para setores como o Centro Cirúrgico, Pronto Socorro, Clínica Médica e Sala de Emergência.

A equipe de farmácia tem buscado o aperfeiçoamento dos processos, na busca por qualidade e segurança na prestação do serviço. “Com os investimentos aplicados na unidade, o HEJA tem ampliado sua capacidade de atendimento, o que repercute positivamente no tratamento dos pacientes”, resume Josy.