Adultos entre 20 e 59 anos devem tomar 4 tipos de vacinas diferentes, todas disponíveis gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A recomendação do Ministério da Saúde (MS) está em voga desde 2004. Porém, muitos adultos não sabem ou ignoram o próprio Calendário de Vacinação.

As vacinas para adultos previnem doenças como sarampo, caxumba, rubéola, hepatite B, febre amarela, difteria e tétano. Além da imunização garantir a saúde dessas pessoas, também garante que eles não se tornem transmissores da doença inclusive para não atingir as crianças.

Conheça as vacinas recomendadas:

 Tríplice Viral – São duas doses para quem tem 20 a 29 anos e uma dose para 30 a 49.

  • Hepatite B – Três doses. A vacina é tomada a partir da adolescência e pode ser aplicada até após os 60 anos.
  • Dupla (dT e dTpa): Reforço a cada 10 anos.
  • Febre Amarela: Dose única, caso não tenha tomado a vacina.

 Calendário atrasado

 No Brasil, todas as vacinas do calendário adulto estão muito abaixo da meta estipulada pelo Ministério da Saúde (MS). Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações isso acontece por conta da cultura de desinformação sobre a vacinação de adulto e adolescente.

Além disso, outro grande problema é que muitos esquecem de tomar a segunda dose da vacina ou não guardam seu registro vacinal.

Perdi a carteira de vacinação, e agora?

 Muitas pessoas perdem sua carteira de vacinação e esquecem se tomaram ou não uma vacina. Para resolver isso, o aplicativo Meu digiSUS está sendo desenvolvido e vai garantir que os brasileiros possam acessar seu registro de vacina. Essa medida ainda ajudaria os municípios a realizarem ações locais e específicas, pois seria possível verificar quem está vacinado ou não.

Ajustar fonte