Hospital já pode realizar cirurgias de emergência e eletivas e partos voltam a ser feitos na unidade. Direção ressalta apoio do governo para mudar perfil

O Hospital Estadual de Jaraguá Dr Sandino de Amorim (HEJA) implantou uma série de modernizações no centro cirúrgico e assumiu a dianteira na realização de procedimentos na Região do Vale do São Patrício. As instalações receberam equipamentos e melhorias e está superando a cada mês as metas de procedimentos. Além de diversificar as modalidades de cirurgias.

O diretor-técnico do HEJA, cirurgião André Franco Ribeiro, explica que as melhorias fazem parte de uma estratégia do IBGH (Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar), Organização Social que faz a gestão do hospital, em ampliar o leque de atendimentos. “Temos por meta entregar um serviço de saúde de qualidade e humanização para Jaraguá e outras cidades que atendemos”, frisou.

Um moderno sistema de gás para o centro cirúrgico e equipamentos sempre revisados por um regime de manutenção que garante eficiência e precisão nas cirurgias é um fator positivo que o diretor ressalta. “Além disso usamos o que há de mais moderno em tecnologia para garantir segurança e bom tratamento para nossos pacientes aqui no Hospital Estadual de Jaraguá”. Ele lembra que a Secretaria Estadual de Saúde tem prestado todo apoio necessário para mudar essa realidade no HEJA.

O hospital retomou a rotina de atendimentos de obstetrícia e somente nesse mês de fevereiro já foram realizados nove procedimentos. Exames de ultrassonografia, exames complementares e até parto normal e cesáreo estão sendo feitos no HEJA. E muitos pacientes vêm de cidades distantes como Aragoiânia, Itaberaí, Padre Bernardo e Cocalzinho de Goiás.

“Vamos integrando novas ações aos que já prestamos para dar à população de Jaraguá o serviço de saúde de excelência qu essa comunidade merece”, finaliza.

Esta matéria foi originalmente publicada no Jornal Diário da Manhã

Ajustar fonte